Já ouviu falar de Yurt? A tenda ou cabana circular usada tradicionalmente por povos da Ásia Central inspirou este casal a construir a sua própria casa. Confira!

Buscando uma opção sustentável para a construção de seu lar, o casal Zach Both e Nicole Lopez se inspirou no livro Shelter, de Lloyd Kahn e resolveu construir um Yurt em Portland, Oregon: “Entre as páginas que descrevem os métodos de construção indígena e a arquitetura vernacular, você encontrará vários parágrafos dedicados à estrutura tradicional em forma de cabana, frequentemente usada pelas tribos nômades da Ásia Central”, comenta Zach em entrevista ao Bored Panda.

De acordo com o Ecoeficientes, um escritório de arquitetura especializado em sustentabilidade, esse tipo de construção é classificado como uma tenda, feito com materiais leves, resistentes, com baixo custo e pouca manutenção.

“Como são montados sobre uma plataforma de madeira, os yurts não causam quase nenhum impacto sobre o solo, podendo ser removidos sem deixar vestígios. Sua flexibilidade permite que eles sejam usados de várias maneiras, desde cabines bem simples ou totalmente mobiliados com eletricidade e canalização”.

Essa foi a solução encontrada pelo casal, que conseguiu projetar e construir seu próprio yurt com a ajuda de amigos e familiares, para criar uma moradia ampla, funcional e moderna. Outro objetivo dessa construção era inspirar mais pessoas a construírem moradias sustentáveis.

Por isso, Zach e Nicole criaram um site DoItYurtSelf (repararam o trocadilho? ;P ) com uma espécie de guia online gratuito que contém diversas informações e direcionamentos sobre o processo geral de manufatura da casa Yurt.

Confira algumas imagens:

O espaço apresenta um quarto em loft, cozinha, sala de jantar, sala de estar, banheiro e um home office.

A pequena casa é um exemplo de uma visão moderna do design tradicional de um yurt. Possui um diâmetro de 9 metros, paredes cruzadas, vigas expostas e um exterior de vinil à prova de água.

Zach Both e Nicole Lopez projetaram e construíram um yurt moderno para si mesmos como um projeto de bricolagem, localizado nos arredores de Portland, Oregon. O resultado não poderia ter ficado melhor! 

E aí, pronto para morar em seu yurt?

Marjorie Simões é designer de interiores e artista visual. Curiosa, observadora e pesquisadora, adora aprender coisas distintas para depois conectá-las. Valoriza os trabalhos manuais, a cultura vernacular, a economia criativa e a produção/consumo sustentável. Acredita no poder das cores e tem leves faniquitos quando entra em ambientes beges.

Marjorie Simões – já escreveu posts no Follow the Colours.


Você também poderá gostar de:

Comentários