Já parou pra pensar se existe algo como “cores da longevidade”? Em nosso mundo eco-consciente, com o ritmo super acelerado, como podemos usar as cores para projetar produtos amados que resistem ao tempo? Cores que aproveitam o uso a longo prazo e superam as tendências da moda, aos modismos e truques; cores funcionais, que vão além do emocional?

Não há dúvida de que os tempos mudaram. A sustentabilidade está no topo da mente e da economia. A sazonalidade e o gênero estão se tornando menos importantes para as tendências de cores e há um desejo crescente de tons mais versáteis e uma abordagem mais fluida e livre no design, que incentiva uma auto-expressão única.

Estamos gravitando com cores que refletem nosso interesse em tons clássicos desejáveis; cores cuja flexibilidade e atemporalidade trazem declarações exclusivas que se destacam. Cores cuja aparência pode desaparecer com o tempo, mas com as quais nos conectamos emocionalmente. Esses tons incentivam a criatividade e o pragmatismo, refletindo nossa mentalidade de priorizar e dar valor e longevidade sobre as tantas opções de cores que estão aqui hoje e desaparecem amanhã.

Foto do relatório Viewpoint Colour – Issue 7 – Preloved. Imagem: Fotógrafo David Brandon Geeting – Série fotográfica parque de diversões.

Pensando nisso, a edição do Pantone Viewpoint Colour – Issue 7 – Preloved traz uma discussão pensando nisso. E essas cores clássicas abaixo resumem o que falamos acima, além de serem cheias de personalidade. Elas trazem elevação e transmitem um senso otimista de diversão e propósito. Exibem uma versatilidade intrínseca, fortalecem nossa criatividade e instilam confiança. Retornando ao essencial, essas cores clássicas modernas transmitem uma mensagem de força e determinação com uma sensação de positividade. Para ficar de olho:

A PALETA DA LONGEVIDADE

Via

Carol T. Moré é editora do FTC. Internet, café, todo tipo de arte, viagens e pequenos detalhes da vida a fazem feliz. Acredita que boas histórias e inspirações transformadas em pixels conectam pessoas.

Carol T. Moré – já escreveu posts no Follow the Colours.


Você também poderá gostar de:

Comentários