Por muito anos, óleos, ervas, compressas com plantas, fizeram parte da rotina diária de nossas avós e bisavós. Com a industrialização, parece que muitas dessas coisas acabaram sendo deixadas de lado. Mas ainda existem uma série de ingredientes naturais que podem ser explorados em nosso dia-a-dia e que são extremamente nutritivos e benéficos para a saúde, a beleza e o bem estar, longe de químicas e efeitos maléficos.

Frutas, folhas, flores, óleos essenciais, sementes, que sempre foram utilizadas como medicamentos, chás e cosméticos – continuam até hoje mostrando a mais perfeita conexão entre a natureza e o ser humano. É o que chamamos atualmente de slow beauty, um novo conceito de beleza consciente. As pessoas que aderiram esse estilo de vida se preocupam com a procedência dos produtos que usam, evitam agentes químicos, industrializados e componentes sintéticos, além de se preferirem o comércio justo, e acima de tudo, o equilíbrio do corpo, mente e alma.

Pensando nisso, batemos um papo com a Chris, fundadora do Cosméticos Plenitude, que explicou para a gente um pouco mais sobre como inserir alguns ingredientes naturais incríveis e milagrosos na sua rotina diária e o que cada um é capaz. Confira!

BELEZA VERDE – INGREDIENTES NATURAIS E OS COSMÉTICOS

 

1) ÓLEO ESSENCIAL DE TEA TREE

A Melaleuca, também conhecida como tea tree, é um excelente antisséptico, antifúngico e antibacteriano que pode ser utilizado para tratamento de lesões e infecções gerais. É um dos poucos óleos que pode ser usado puro com apenas uma gota sobre um machucado, arranhão, picadas de inseto. Também é ótimo para acne, resfriados e dores de garganta. Refrescante, resgata e fortifica a imunidade, agindo na defesa física, emocional e espiritual. Você também pode usar o hidrolato de tea tree, que é o subproduto da destilação do óleo essencial, para limpeza de ambientes.

Chris conta que usa o tea tree no sabonete íntimo de sua marca e no sérum de unhas e o ingrediente fica um sucesso!

Óleo de tea tree na garrafa de vidro âmbar e folhas do ingrediente fresco. Imagem por AmyLv/Shutterstock

2) ÓLEO ESSENCIAL DE LAVANDA

Juntamente com o tea tree, o óleo de lavanda é um dos poucos óleos essenciais que podem ser usados puros e diretamente na pele. A lavanda acalma não apenas as emoções, combatendo insônia, estresse e depressão, mas a pele também. Uma picada de inseto ou uma queimadura de sol podem ser aliviadas com este óleo essencial. Também é um potente bactericida e possui propriedades cicatrizantes, atuando muito bem no controle da acne. Para ajudar a dormir melhor, é só pingar duas gotinhas no difusor elétrico (ou no travesseiro) na hora de ir para a cama!

Óleo de lavanda e flores frescas. Imagem por Grekov’s/Shutterstock

3) ÓLEO ESSENCIAL DE LARANJA

Este é o óleo essencial da alegria e das crianças, pois é excelente para relaxar agitação infantil. De aroma cítrico, fresco e doce, possui propriedades ansiolíticas e anima o astral. Excelente para ser inalado através de difusores pessoais, pois estimula a autoconfiança e a alegria de viver. Cuidado na hora de manusea-lo, pois contém furanocumarinas, substâncias que queimam a pele em contato com o sol. Quando utilizado em sabonetes, que são produtos de arraste, o óleo não fica na pele, então não precisa e preocupar com queimaduras de sol.

Imagem por FTC e Frasco de óleo essencial de laranjas por Nikolay Litov/Shutterstock

4) ÓLEO ESSENCIAL DE COCO PALMISTE

Este é o óleo vegetal extraído da amêndoa do fruto da palmeira, e possui propriedades antibacterianas, antivirais, anti-inflamatórias e antioxidantes. Por ser também um excelente hidratante, é um ótimo carreador, ou seja, um veículo para diluir os óleos essenciais, já que nem todos podem ser passados diretamente na pele. Partindo do princípio de que não devemos passar na pele aquilo que não comeríamos, o óleo de coco palmiste é excelente tanto como cosmético como alimento.

5) ÓLEO ESSENCIAL DE CASTANHA DO PARÁ

Este óleo vegetal é um hidratante poderosíssimo, pois é facilmente absorvido e ainda atua na regeneração celular, fortalecendo a pele. Rico em vitaminas e minerais, também se destaca pelas quantidades elevadas de selênio, que combate o envelhecimento precoce; e ácido beénico, que é excepcional para os cabelos, atuando como anti-frizz e hidratante. Por ser um óleo calórico, não deve ser consumido em excesso, mas sua ingestão traz benefícios como o fortalecimento do sistema imunológico e equilibramento da tireóide.

6) ÓLEO VEGETAL DE MAMONA

Por também ser um excelente hidratante, o óleo de mamona suaviza a pele seca e irritada, ajudando na umectação, elasticidade e maciez da pele, o que ajuda a suavizar rugas e estrias. Também ajuda no crescimento dos cabelos, deixando os fios macios e hidratados. Age muito bem no fortalecimento das unhas. É um óleo muito viscoso que espalha bastante, então uma pequena quantidade cobre uma área considerável. Este óleo vegetal não deve ser ingerido, pois é altamente laxante.

7) ARGILA PRETA

Também chamada de lama vulcânica, a argila preta é rica em sicílio, titânio e outros minerais, sendo considerada a mais nobre de todas as argilas. Age como um potente rejuvenescedor e desintoxicador da pele, além de ajudar no controle da produção de sebo natural da pele. Outros de seus benefícios são suas ações anti-inflamatória e antioxidante e seus poderes adstringente e clareador de manchas. É excelente para ser usada em máscaras misturadas com água, hidrolatos ou chás.

8) ARGILA VERDE

Devido à suas ações adstringente, tonificante, secativa, bactericida e cicatrizante, a argila verde é indicada para peles oleosas e com acne. Também é ideal para o tratamento de manchas, pois realiza um peeling natural que remove a pele morta e o excesso de oleosidade da pele, uniformizando a pele e reduzindo os cravinhos. De maneira geral, é um excelente desintoxicador da pele e você pode usar máscara de argila verde em qualquer parte do corpo que achar necessário.

9) ARGILA VERMELHA

A argila vermelha é naturalmente rica em ferro, cobre e outros minerais que estimulam a produção do colágeno. Estes elementos conferem força e elasticidade à pele, combatendo rugas e linhas de expressão e deixando a pele mais viçosa, homogênea e renovada. Por isso, é considerada um ótimo tratamento anti-aging, pois possui efeito tensor, deixando a pele mais firme e bonita. Uma esfoliação de argila vermelha estimula a circulação sanguínea e promove um efeito revitalizante.

Argilas para cosméticos – argila verde, argila rosa, vermelha, caulim e preta, com carvão ativado em pó. Imagem por Akvals/Shutterstock

10) MANTEIGA DE CUPUAÇU

De forma geral, as manteigas são potentes hidratantes, mas a de cupuaçu possui uma das mais altas capacidades de absorção de água, excelente para cabelos e peles ressecados. Esta manteiga também nutre profundamente a pele, melhorando sua elasticidade. Além disso, estimula a regeneração celular e possui propriedades anti-inflamatórias, o que ajuda a diminuir vermelhidão, eczemas e machucados. Fora o aroma inebriante de cupuaçu!

Graças a pequenos produtores como Chris, que não utilizam nenhum tipo de produto químico ou artificial, que prezam pelo trabalho artesanal e pela qualidade do produto final que se dedicam à alquimia do bem estar, que hoje podemos consumir tranquilamente produtos feitos de forma artesanal e 100% naturais, livres de parabenos, derivados de petróleo, alumínio, lauril, conservantes sintéticos e sulfatos. Alguns produtos da Plenitude, por exemplo, também são 100% veganos.

Aqui, também já falamos sobre a marca mais a fundo e seus produtos. (Eu mesma sou cliente há bastante tempo e amo o sabonete de argila preta para a pele, todo os sabonetes corporais, sérum de unha e tônico capilar da Plenitude). Uma delícia! 

E você, tem alguma dica de beleza ou ingredientes naturais como cosmético pra compartilhar com a gente? Deixe nos comentários!

Carol T. Moré é editora do FTC. Internet, café, todo tipo de arte, viagens e pequenos detalhes da vida a fazem feliz. Acredita que boas histórias e inspirações transformadas em pixels conectam pessoas.

Carol T. Moré – já escreveu posts no Follow the Colours.


Você também poderá gostar de:

Comentários