Now Reading
As melhores plantas para varandas ou terraços de apartamentos

As melhores plantas para varandas ou terraços de apartamentos

O tempo e atenção dedicado às plantas pode se transformar em uma forma de terapia. É comprovado que sujar-se de terra é um antidepressivo natural

Ter plantas em casa ou no apartamento, além de decorar, embelezar e dar vida ao ambiente, traz diversos benefícios físicos e mentais. Já foi comprovado que alguns tipos de plantas filtram poluentes, purificam o ar e reduzem o estresse.

Mas nem todo mundo consegue ter um super quintal hoje em dia. Pensando nisso, preparamos estas dicas para te ajudar a escolher as melhores plantas para varandas ou terraços de apartamentos. Vem com a gente!

Plantas para varandas ou terraços de apartamentos

Antes que você comece dizendo: “-Ah, mas eu não tenho tempo e nem vocação pra cuidar de plantas!”, saiba que existem muitos tipos de espécies que podem se adaptar com o local onde você mora e seu estilo de vida. Depois que você começa a ter plantas em casa, fica difícil parar.

Com elas aprendemos que o respeito pelos ciclos da natureza. Para que cresçam bonitas e saudáveis, é importante paciência, cuidado e observação. Primeiro de tudo, fique de olho na iluminação: todas as plantas necessitam de luz para realizar a fotossíntese, e as espécies costumam ser classificadas em três grupos: as de pleno sol, as de sombra e as de meia-sombra.

Saber as condições do clima de onde mora também é fundamental para escolher as espécies certas que podem se adaptar facilmente ao seu jardim. Outro ponto importante são os ventos. Se eles forem muito intensos, podem ressecar ou até mesmo fissurar as folhas das plantas. Tudo depende do estilo de jardim que você deseja em seu apartamento e da disponibilidade de tempo que você terá para cuidar.

A adubação e a rega também precisam estar de acordo com o local onde elas ficarão abrigadas. Quando pensamos em plantas para varandas e terraços, normalmente recomenda-se optar pelas mais resistentes ao ar livre e que se adaptam bem à exposição ao sol. Assim, em ambientes externos onde os raios de sol são abundantes, nossas dicas são:

  • Os cactos e as suculentas, que são mais fáceis de cuidar e gostam de bastante luminosidade. Uma dica é escolher vários tipos para diversificar o ambiente. Alguns podem ser dispostos no chão, outros podem ser colocados em mesas ou prateleiras para plantas;
  • As crássulas também são plantas fáceis de cuidar, não exigem rega abundante e se adaptam facilmente;
  • Os dasilírios têm as mesmas características das crássulas, com a pequena diferença de que realmente precisam tomar bastante sol todos os dias;
  • Se você gosta de plantas pendentes, uma indicação é a Barba de Moisés. Contudo, essa espécie precisa de um cuidado especial, já que deve receber sol apenas durante uma parte do dia para se desenvolver;
  • yucca é outra planta altamente adaptável, que não dá muito trabalho e não necessita de muita rega. É preferível que seu solo fique seco durante a maior parte do tempo;
  • As clúsias são plantas indicadas para varandas e terraços de apartamento por serem mais resistentes e, além disso, contarem com flores brancas, que deixarão o ambiente externo ainda mais belo;
  • Lança de São Jorge ama um banho de sol e é bem resistente. Uma de suas particularidades é que precisa de um vaso com drenagem adequada para que suas raízes não apodreçam;

Além dessas, outras espécies que apreciam o sol pleno são a petúnia, a alpínia, a azaleia, o camarão-amarelo, o agapanto, o capim-do-texas, a moreia, a palmeira-fênix, a onze-horas, a lantana e a bela-emília.

Quanto às plantas verdes ao ar livre, que resistem às condições adversas dos ambientes externos, indicamos a aspidistra, a áster, o bambu, a bunganvília, o cravo, o tomilho, o gerânio, a tulipa, o hibisco e a madressilva.

No geral, são plantas com grande capacidade de adaptação a diversos climas e que não exigem cuidados tão rígidos como outras espécies. Algumas se destacam por serem aromáticas; outras, por suas cores, beleza e exuberância.

Não podemos esquecer de que verificar o crescimento das plantas é essencial, já que se for ficar muito grande, pode ser necessário transferi-la para um vaso maior. Outro ponto são as podas, elas são importantes para que as plantas cresçam mais saudáveis, além de esteticamente mais bonitas.

Para deixar sua varanda ou terraço mais aconchegante e convidativo, aposte também em uma decoração afetiva. Claro que tudo depende do espaço disponível, mas certos objetos e móveis podem transformar o espaço em encantador.

Misturar plantas com folhagens e texturas diferentes também se cria um visual incrível. Só é preciso tomar cuidado para não colocar espécies com regas muito diferentes em um mesmo vaso.

Lembre-se: investir em trazer o verde para sua varanda ou terraço vai além da questão estética. Significa também melhorar sua saúde e o bem-estar das pessoas que moram com você.


Scroll To Top