Jill Scherman trabalha com publicidade há anos. Também tem interesse por ciências naturais, biologia e moda desde criança. Inclusive, compara natureza e moda desde 2008, quando escrevia no blog Trend de la Creme, que foi extinto por conta de uma doença que teve em 2012. E agora, para completar seu currículo, tem uma conta no Instagram super interessante, o @fashion.biologique.

A conta já é sucesso absoluto no mundo fashion. Os posts, criados por Jill, mostram semelhanças nos padrões de tecidos saídos da passarela e a natureza. A inspiração de Jill Scherman é antiga, ela conta que quando ela tinha apenas 10 anos, seu pai não permitia que ela assistisse a TV pois parecia um “zumbi”. Para curar seu tédio, ela começou a ler a Enciclopédia Britannica. Daí surge, inclusive, a inspiração para a descrição do perfil no Instagram: “My father took my Vogue away, so I read the encyclopedia instead”.

O Fashion Biologique surgiu comparando roupas da passarela de diversas marcas com motivos presentes na fauna do nosso planeta. E coincidência ou não, o resultado é impressionante! 

Segundo Jill, a moda é um dos lugares onde podemos ver biologia e arte se misturarem e viverem em harmonia. Na legenda das fotos, ela costuma contar curiosidades sobre as espécies encontradas, tanto as naturais quanto as criadas pelas mãos humanas. O resultado que vemos no @fashion.biologique, querida Jill Scherman, é realmente demais! 

“Quase consigo ver instantaneamente as influências naturais enquanto assisto a um desfile” – conta Jill do @fashion.botanique ao site FFW. “A maior parte do meu trabalho é feita online, mas tenho alguns livros que uso como referência. Meus favoritos são os Guias de Campo da National Geographic e os Dorling Kindersley Handbooks”.

Jornalista, pós-graduanda em Práticas Contemplativas e Mindfulness pela PUC-Rio. Aquariana, viciada em café e podcast, acredita na humanidade mas tem fortes dúvidas sobre Deus.

Gabriela Pimenta – já escreveu posts no Follow the Colours.


Você também poderá gostar de:

Comentários