Vai fazer uma viagem para a China? Aproveite para conhecer aqui seus segredos e mistérios e aproveite um passeio memorável!

A China é um país milenar, que carrega muita beleza, mas também segredos e mistérios. Viajar para a China envolve conhecer uma nova cultura, viver novas experiências e, além de tudo isso, conhecer as peculiaridades chinesas.

Seja fatos sobre a cultura, curiosidades sobre produtos que foram inventados na China ou alguns costumes que podemos considerar diferentes, o país mais populoso do mundo reserva surpresas para quem o visita.

Muitos viajantes estrangeiros são surpreendidos com muitos fatos que ocorrem no país. Entre eles, o bloqueio do acesso a algumas redes sociais e sites, que desanima os viajantes que não utilizam de recursos de desbloqueio na China. Mas todos os encantos por lá, superam as diversidades do país. Entenda!

Imagem de Sasin Tipchai

CHINA: SEGREDOS, MISTÉRIOS E CURIOSIDADES

Um país assim, guarda muitos mistérios, curiosidades e segredos. Confira alguns!

1. População

No ano de 2014, a população era de quase 1,4 bilhões de habitantes. Para entender a dimensão, uma entre quatro pessoas no mundo é chinesa.

2. Iguarias gastronômicas

A culinária chinesa conta com vários pratos exóticos que chamam a atenção dos turistas. Talvez uma das iguarias mais famosas, os espetinhos de insetos são vendidos comumente nas barracas pelas ruas, além de restaurantes especializados e mercados.

Baratas, escorpiões, grilos e até estrelas-do-mar e cavalos-marinho. O sabor e a textura são marcantes, mas chamam a atenção por suas propriedades energéticas e medicinais que cada inseto possui. Outro prato ousado, além de ser um dos mais caros do mundo, é a Sopa de Ninho de Andorinha.

O pássaro, que vive em cavernas do sudeste asiático, constrói seu ninho com um material diferente dos outros: sua própria saliva. Seu preço é explicado pela dificuldade de coletar os ninhos, por ficarem fixados em locais altos dentro das cavernas, sendo altamente trabalhoso. Com sabor suave, o prato tem fama de ser afrodisíaco e revigorante.

Imagem de tookapic

3. Aplicativos de delivery

Os aplicativos de delivery ganham cada vez mais adeptos e cada vez mais recursos, mas na China tem um poder muito grande. Há uma diversidade de empresas e serviços de delivery que garantem que quase tudo esteja ao seu alcance, com um clique no aplicativo, recebendo no conforto de sua casa.

4. Carros elétricos

É fácil avistar um carro elétrico percorrendo as ruas chinesas, e não é à toa que o país é o líder mundial quando se trata de carros elétricos. Em 2017, metade dos carros elétricos vendidos no mundo foram no mercado chinês, que incentiva fortemente o uso desse tipo de automóvel. O governo determina que até 2025, 20% dos carros em circulação devem ser elétricos ou que sejam movidos por outro tipo de combustível alternativo. Além disso, consideram implantar uma proibição da produção de carros com motores a combustão, para incentivar ainda mais o uso de carros elétricos.

5. Lojas de conveniência

Uma das particularidades da China é o sucesso e diversidade das lojas de conveniência, com uma infinidade de produtos. Por conta do grande número de vendas online, as lojas têm sentido a necessidade de se modernizar para manterem seu sucesso. Estuda-se modelos onde a venda é totalmente automatizada, não necessitando de vendedor.

DICAS NA HORA DE VIAJAR PARA A CHINA

Imagem de enriquelopezgarre 

Por conta de suas peculiaridades, antes de ir para a China é necessário pensar em alguns fatores. Separamos algumas dicas para sua viagem:

1. Visto

A população brasileira precisa sim tirar visto para a China, sendo organizados pela categoria da viagem (trabalho, turismo, etc). O visto de turismo, por exemplo, permite a estadia de no máximo 30 dias no país.

2. Utilizando a internet na China com uma VPN

Muitos só se dão conta quando chegam lá, mas vários sites que usamos todos os dias são bloqueados na China. Os serviços do Google como o Gmail, o Facebook, Instagram e outras páginas possuem seu uso bloqueado.

Utilizando uma VPN (rede privada virtual), além de poder acessar redes públicas com segurança, evitando a possibilidade de roubo de dados e prevenir invasões de hackers, ela pode te livrar do bloqueio geográfico.

Isso se dá porque o sinal identifica um servidor remoto, que não está no mesmo lugar que você, por isso você acessa como se não tivesse na China, liberando o acesso aos sites que são bloqueados no país. Portanto, com uma VPN, você pode postar suas fotos e vídeos da viagem nas redes sociais.  Veja aqui algumas das melhores VPNs existentes no mercado.

3. Remédios para a viagem

O ar da China possui um nível elevado de poluição, então se você possuir problemas respiratórios, providencie remédios para sua viagem para estas condições. Verifique também as vacinas necessárias para as tomar antes de chegar ao país.

4. Gastronomia

Há pratos para todos os gostos, e a culinária é uma das experiências mais peculiares da China. Aproveite para experimentar os pratos regionais, mas fique tranquilo que também existem restaurantes com comida ocidental, fast-foods e afins.

Imagem de Igor Ovsyannykov

Então, que tal uma visita ao país agora que você conhece os segredos e mistérios da China?

Carol T. Moré é editora do FTC. Internet, café, todo tipo de arte, viagens e pequenos detalhes da vida a fazem feliz. Acredita que boas histórias e inspirações transformadas em pixels conectam pessoas.

Carol T. Moré – já escreveu posts no Follow the Colours.


Você também poderá gostar de:

Comentários