A Montanha da Salvação é muito mais do que um ponto turístico qualquer. É uma história de amor, devoção e mais de 28 anos de existência. E uma única pessoa é responsável por tamanha beleza: Leonard Knight (1931–2014), que fez a montanha da Salvação com mais de 100 mil galões de tinta. Com o tempo a montanha se tornou local de esculturas e muitas imagens bonitas.

Cenografia? Conheça a cidade azul em Marrocos!

A MONTANHA QUE FRACASSOU

Quando Leonard era recém chegado na Califórnia, na região Oeste dos EUA, tentou diversas vezes disseminar sua mensagem de amor com balões de ar quente, mas falhou. Porém, isso não foi seu fim, já que antes de ir embora decidiu criar um pequeno monumento. No entanto, depois de 4 anos preenchendo o morro com cimento e com tinta que encontrava, a instabilidade da areia fez com que tudo que já tinha feito desmoronasse. Leonard não desistiu. Na verdade, isso só fez com que ele agradecesse ainda mais por ver que o local não era seguro e recomeçou seu trabalho.

Fã de montanhas? Veja esse guia em Nice, na França.

A MONTANHA DE SUCESSO

A segunda montanha é a que existe hoje no local e além da parte externa extremamente cenográfica e instagramável, o local também abriga um Museu. No entanto, com a pandemia mundial da COVID-19, apenas o espaço externo está aberto ao público. O que Leonard fez de diferente nessa montanha e porque ela não desmoronou? A mistura de tijolos de adobe com argila, pneus e janelas descartadas, peças de automóveis e milhares de litros de tinta ao invés de apenas cimento fez com que tudo se tornasse mais uniforme e seguro! Nada como o aprendizado para melhorar as coisas. Ela abrange vários murais e áreas pintadas com ditos cristãos e versículos da Bíblia, embora sua filosofia tenha sido construída em torno da Oração do Pecador. Não foi fácil para Leonard, que enfrentou dificuldades com a prefeitura local durante um período antes do sucesso que é hoje.

Veja 10 lugares surpreendentes no Egito!

Este slideshow necessita de JavaScript.

No site oficial da Montanha da Salvação, você pode conferir a história completa de Leonard, ver mais imagens e doar para ajudar na manutenção do espaço, se quiser. O local já foi palco para ensaios fotográficos profissionais, um clipe da cantora Kesha (“Praying“: rezando) e até um filme com a Kristen Stewart “Into the Wild” (Na natureza selvagem) e claro, Leonard Knight! O artista apareceu contando mais sobre a bela montanha.

Em dezembro de 2011, Knight, de 80 anos, foi internado em uma instituição devido à demência. Leonard morreu em fevereiro de 2014 e foi capaz de visitar Montanha da Salvação pela última vez em maio de 2013; a visita foi gravada pela KPBS (TV) . De qualquer maneira, sua mensagem de amor ainda é passada para todos que vão ao local.

Cena do filme “Na natureza Selvagem”

Quando Leonard fez com que uma pilha de entulhos se tornasse um ponto único no território norte-americano, tornou-se não só artista como também um líder, inspirando assim diversas pessoas a fazerem seu trabalho prosperar.

COMO CHEGAR?

A entrada é gratuita. Para chegar até o local, basta ir até o endereço: Beal Rd, Calipatria, CA 92233, Estados Unidos. A montanha fica no deserto, no Sul da Califórnia, ao norte de Calipatria, a nordeste de Niland, próximo da comunidade artística de Slab City

Viu esse conteúdo e gostou? Acompanhe nossas redes sociais para mais novidades! #ftcmag @ftcmag

Tereza Teixera é estudante de Arquitetura e Urbanismo com muito prazer e está sempre procurando aprender mais sobre um pouco de tudo, principalmente sobre cenografia, criatividade, inovação, filosofia, negócios e novas formas de viver. Regida sob novos desafios e convivência constante com a arte.

Tereza Teixeira – já escreveu posts no FTCMAG.



Comentários